Beber chimarrão não afeta saúde durante onda de calor no RS, diz especialista



Por Antonio Vieira em 14/01/2022 às 12:08 hs

A onde de calor que atinge o Rio Grande do Sul desde terça-feira (11) faz com que muitas pessoas alterem a rotina de alimentação e de consumo de bebidas. Os produtos gelados são os favoritos, mas o tradicional – e quente – chimarrão segue entre os mais aproveitados no estado. A professora Sônia Alscher, do curso de Nutrição da Escola de Ciências da Saúde e da Vida da PUCRS, afirma que o corpo humano não é prejudicado pelo consumo da bebida quente em dias de altas temperaturas. "Pode continuar tomando o chimarrão numa boa. Existem mecanismos que neutralizam a temperatura da água assim que ela entra no corpo", diz.

Segundo Pedro Schwengber, diretor da Escola do Chimarrão, o fato de a bebida ser servida quente evita o choque térmico. "Em um dia de 40ºC, tomar uma bebida gelada dá o contraste. Se tomar o chimarrão em 70°C, mata mais a sede", opina. O especialista, no entanto, comenta que o tereré, a infusão da erva-mate em água fria, vem ganhando adeptos no Rio Grande do Sul. A bebida é mais popular em estados que fazem fronteira com o Paraguai, como o Mato Grosso. "É pouco o consumo aqui [no RS]. Porém, está avançando muito, principalmente entre os jovens", comenta Pedro Schwengber.


Fonte: G1 RS.



Deixe seu Comentário


 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !